De olho na vacinação

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a vacinação em massa evita de dois a três milhões de mortes por ano em todo o mundo, e é responsável pela erradicação de várias doenças.




Não se vacinar ou impedir que as crianças e os adolescentes o façam pode causar enormes problemas para a saúde pública, como o surgimento de doenças graves ou retorno de agravos de forma epidêmica, como a poliomielite, o sarampo, a rubéola, entre outras.


O Conselho Federal de Medicina afirma: "Vacinar-se e vacinar crianças e adolescentes correspondem a atos de cidadania. Recusar-se a estas práticas pode ser, inclusive, considerado uma ação de negligência."


Por isso, não deixe de vacinar sua família. Mantenha o calendário vacinal atualizado.

#vacina #vacinação

OUTROS TEXTOS PARA VOCÊ