O que fazer quando seu filho sentir medo

Sentir medo é natural, principalmente nos primeiros anos de vida, uma fase repleta de aprendizados e descobertas. No entanto, os pais devem ficar atentos quando o medo se torna excessivo e frequente a ponto de prejudicar o dia-a-dia da criança, inclusive o seu rendimento escolar. Medos podem estar relacionados à escuridão, ao receio de se perder ou de ficar sozinho, a monstros e fantasmas, a animais, a chuva e trovão.

Algumas inseguranças melhoram com diálogo. A criança necessita ter atenção, afeto e compreensão para se sentir confiante e segura. Por isso, nunca ria, ignore ou menospreze os temores que seu filho expressa.

Não obrigue seu filho a passar sozinho por situações que ele tem medo, mas ajude-o a se preparar para enfrentar qualquer situação na vida, sempre dizendo a verdade de forma delicada. Além disso, não transmita seus temores pessoais a criança: a forma como você enfrenta seus próprios medos dará a ela o padrão a seguir em situações similares.

A Homeopatia, por dar atenção às particularidades e buscar o equilíbrio físico e emocional de cada indivíduo, pode ser um grande aliado para ajudar a fortalecer a criança, ajudando-a lidar com mais facilidade com seus medos.


Posts Relacionados

Ver tudo

OUTROS TEXTOS PARA VOCÊ