3 passos para incentivar a autonomia das crianças

A autonomia dos filhos é um aspecto comportamental que deve ser incentivado pelos pais, para um desenvolvimento adequado. 

 

Conforme as crianças crescem, elas devem adquirir maior independência, realizando tarefas com a orientação e supervisão necessária dos adultos. Podemos exigir um diferente grau de autonomia em cada estágio de desenvolvimento, sendo coerentes com o momento cognitivo da criança.

 

Uma tabela montessoriana relaciona as tarefas que as crianças podem realizar, em cada faixa etária:

 

– Entre um e três anos, a criança começa a andar e mover-se sem ajuda. Na linguagem, deve começar a se expressar e pedir o que quer (água, xixi…). Ela já é capaz de guardar brinquedos, tirar o prato da mesa, guardar sapatos, colocar a roupa suja no cesto, limpar pequenas superfícies, pegar frutas e legumes da fruteira, por guardanapos na mesa e tirar a própria roupa.

 

– Entre três e cinco anos, a linguagem se desenvolve bastante e a criança é capaz de comunicar seus desejos e necessidades a pessoas fora da família. Ela já é capaz de arrumar a cama, colocar roupa na máquina, guardar roupas, guardar parte da louca, ajudar a por a mesa, tirar pó, regar plantas e separar o lixo. 

 

– Entre cinco e oito anos, a responsabilidade envolve aspectos escolares e sociais. Consolida-se a autonomia conseguida nos hábitos alimentares, sono, higiene e cuidado pessoal. Ela já é capaz de lavar louça, por e tirar a mesa, tirar o lixo da casa, varrer, passar aspirador, lavar o quintal, guardar compras e pendurar roupa no varal de chão.

 

- Entre oito e onze anos, ela é capaz de preparar lanches rápidos, limpar móveis, limpar espelhos, trocar roupa de cama, cuidar de animais de estimação, ajudar no preparo do jantar, guardar louça e fazer a lista de mercado. 

 

– Entre onze e catorze anos, a criança conhece a si mesma, suas habilidades e erros e começa a antecipar consequências. Ela deve ter responsabilidade com as tarefas escolares, o planejamento do lazer e tarefas domésticas. Ela é capaz de limpar banheiros, por roupa para lavar, passar pano no chão, cuidar das plantas, cuidar de irmãos mais novos, preparar pequenas refeições, fazer compras rápidas e separar contas a pagar. 

 

 

 

Agora, se seu filho não faz nada ou faz pouco das atividades relacionadas nesta lista, um cuidado: adquirir autonomia é um processo, uma construção realizada dia após dia. Não é algo conquistado ou implementado da noite para o dia.

 

Se você considerar que seu filho pode fazer mais do que faz atualmente, 3 passos são importantes:

 

1. no começo, faça junto com ele. Seja o modelo, demonstre a forma correta de realizar a atividade e explique as razões. Mostre como deve ser o resultado final e compartilhe com ele a alegria de ter aquilo realizado.

 

2. após um tempo, esteja junto, mas apenas supervisione. Coloque-se disponível para orientá-lo em caso de alguma dúvida ou insegurança. Com seu apoio, ele vai aprimorando a habilidade de realizar a tarefa e se sentindo poderoso ao executá-la com autonomia.

 

3. finalmente, deixe que ele faça sozinho. Mostre sempre a importância da colaboração de todos da casa, para o bem-estar da família. Assim, as tarefas não serão consideradas um peso, ou um castigo, mas sim, a oportunidade da criança se sentir capaz e responsável , sinal de que está crescendo!

 

 

 

Please reload

OUTROS TEXTOS PARA VOCÊ

Please reload

 

AGENDE CONSULTA PARTICULAR / REEMBOLSO

Consultório Alphaville | Santana de Parnaíba | SP  

Av. Yojiro Takaoka, 4384 Sala 313 | Shopping Service

Tel. 11 4153-7173

Whatsapp 11 98594-1625

Consultório Vila Mariana | São Paulo | SP

Av. Prof. Noé de Azevedo, 208  Sala 101

Tel. 11 5579-4197 - 5539-4164 

Whatsapp 11 98595-5019

Logo Leda Barone

Dra. Leda Silvia Calvo Barone

Pediatra e Homeopata

CRM 53.500

  • Consulta particular, com desconto para irmãos.

  • Emitimos recibos para reembolso pelo convênio de saúde.

  • Estacionamento terceirizado no local.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

@2020 por Consutti para Leda Barone